BH + 55 31 2531.7774
BH + 55 31 2531.7774
SMARTalk



MAR 24

Qual a importância do tom de voz certo para vender suas ideias?

By Marketing | 24 de Março de 2016 | Retórica

O tom de voz certo para uma apresentação

“Olha a pamonha, olha a pamonha!” Você com certeza já ouviu alguém gritar essa frase na rua, não é verdade? Mesmo que você não goste, o fato é que ouviu, de maneira clara, e com tom de voz que te marcou, o que o vendedor estava comercializando. Ter o tom certo para vender suas ideias é crucial. Você precisa transmitir uma voz forte para convencer, persuadir e encantar as pessoas.

Uma bonita apresentação com imagens de grande impacto contribuem muito para vender suas ideias. Somado a isso, a voz clara e a boa dicção podem transformar seu projeto em algo realmente encantador. Veja, neste post, a importância do tom de voz certo para vender suas ideias:

As palavras certas

Falar rápido ou em tom baixo pode colocar tudo a perder. Sendo assim, você precisa colocar energia na voz e dizer com clareza. Seja direto, use as palavras certas e evite discursos vazios e sem impacto na hora de vender suas ideias.

O momento de expressão

A voz é sua vitrine para convencer seu interlocutor. Conheça alguns truques que podem ajudar muito na hora de se expressar:

  • Fale devagar, mas passe segurança. Seja claro e mostre que conhece bem o seu produto ou serviço.

  • Evite palavras de uso comum ou clichês. Atenção às expressões preconceituosas, machistas ou homofóbicas. Isso pode colocar tudo a perder.

  • Faça um teste com um amigo para medir o tom da sua voz. Existem até alguns aplicativos para smartphone que medem os decibéis. Veja se você não está passando do limite.

  • Quem tem dificuldade auditiva, em geral, fala mais alto para compensar. Veja se você tem algum deficit de audição.

  • Microfone serve para ampliar a sua voz, e não para modular. Tenha um discurso limpo e não aproxime muito o microfone da boca para evitar um aumento repentino da voz.

  • Use um vocabulário simples, não pobre. Sempre que for enfatizar algo, dê uma pausa para atrair a atenção do seu interlocutor.

A força da voz

A voz é o nosso “instrumento musical”. Somos capazes de modular o som e atrair audiência. Sempre que for dizer algo no sentido de convencer alguém, seja forte. Você precisa se concentrar e estar atento na modulação. Quando você estiver falando de preços, desça um tom da sua voz, assim vai parecer que o produto é mais barato.

A emoção como uma ferramenta

Lembre-se, podemos expressar emoção não apenas no texto que falamos. Fazemos isso com a voz. É natural que isso aconteça quando você estiver emocionado. Busque, no seu discurso, momentos para falar da sua vida, da sua história ou de momentos que foram importantes na sua trajetória como empreendedor. Sem perceber, sua voz ficará mais macia e sua fisionomia vai mudar.

O tom de voz é seu contato direto com os clientes. A calma e segurança fazem toda diferença. Nunca altere seu tom de voz, pois ela não é uma arma para atacar um prospect. Em vez disso, ela deve ser aliada na hora de convencer. Sorria sempre, ouça o interlocutor e não se esqueça jamais: o tom de voz pode ser determinante para vender ideias.

Agora que você entende a importância do tom de voz, que tal ler o nosso post “10 lições que você pode aprender com os melhores palestrantes”?