BH + 55 31 2531.7774 | SP + 55 11 3031.0026
BH + 55 31 2531.7774
SP + 55 11 3031.0026
SMARTalk



NOV 04

O que faz uma pessoa contratar o coaching pessoal ?

By Marketing | 4 de novembro de 2015 | Dicas

O que faz uma pessoa contratar um coaching pessoal

Ter mais conhecimento, trabalhar elementos de liderança, crescer na vida pessoal e se desenvolver na carreira são objetivos de grande parte dos profissionais hoje em dia. Contudo, como alcançar esses patamares nem sempre é fácil, a busca por ajuda especializada, como o coaching pessoal, é uma forma de encurtar distâncias nas trajetórias de quem quer se destacar no mundo corporativo. No post de hoje, você descobrirá quando contratar e quais benefícios terá com o coaching. Confira!

Para que serve o coaching?

Quem procura por um serviço de coaching quer se desenvolver em alguma área — seja ela na vida pessoal ou profissional. O indivíduo que busca por esse tipo de auxílio quer alcançar melhor desempenho, mas quase sempre não sabe como transpor as barreiras do caminho de desenvolvimento.

De modo geral, o coaching busca incentivar um comportamento positivo de longo prazo, que pode ser medido de algum modo. Quem conduz esse processo é o profissional coach e quem contrata o serviço é o coachee.

O que é coaching pessoal?

Enquanto o coaching profissional tem como objetivo desenvolver competências ligadas à carreira do aprendiz, o coaching pessoal, como o SMARTcoach, busca alterar comportamentos ou hábitos que prejudicam a plena realização do indivíduo.

Para tanto, o coach auxilia o cliente na definição de objetivos e metas relacionados às mudanças pretendidas. Pelo processo de coaching, o aprendiz (o coachee) pode superar bloqueios, crenças limitantes, falta de confiança e de autoestima ou liderança etc.

Quando procurar o coaching pessoal?

Um bom indicador de que o indivíduo precisa de um coaching é quando ele começa a perder oportunidades por causa das dificuldades que enfrenta. Por exemplo: ter medo de falar em público. Mesmo assim, é possível buscar ajuda profissional quando houver os primeiros sinais de algum tipo de desequilíbrio emocional, como ansiedade ou fobia.

Nos casos em que a pessoa nem sabe definir o que sente — embora sofra as consequências de eventuais distúrbios —, ter uma conversa preliminar com o coach antes da contratação do serviço pode ser bem útil para a escolha do melhor tipo de abordagem.

Como há inúmeros profissionais de coaching no mercado, uma busca na internet é importante para selecionar quem de fato presta o melhor serviço. Ver depoimentos de quem já fez o processo pode ajudar bastante na escolha.

Como é feito o coaching?

Hoje em dia há diferentes métodos de coaching. Geralmente, há uma interação no início do processo, que serve para o coach conhecer a história do cliente e, com isso, estimular o aprendiz a definir aonde ele quer chegar.

Em seguida, são realizadas algumas sessões como cursos, nas quais são aplicadas técnicas que visam a mudança de comportamento. Entre elas, pode estar a programação neurolinguística (PNL), que por meio de modelos mentais possibilita a tomada de ações positivas para o crescimento do coachee.

Quais são os benefícios?

A vantagem  é possibilitar que o indivíduo se desenvolva na área que definir e, com isso, suba degraus rapidamente na dimensão de vida pretendida. A prévia definição de metas entre coach e coachee permite que o aprendiz visualize a evolução do processo, com base nas mudanças de comportamento e nos resultados alcançados.

No final do treinamento, espera-se que o aprendiz tenha desenvolvido habilidades que permitam a ele dar um salto de desempenho na área que escolheu crescer. Por exemplo: fazer uma palestra ou ministrar um curso com clareza, sem gaguejar.

Você já fez coaching pessoal ou profissional? Acredita que precisa passar por esse tipo de processo? Conte sua experiência. Deixe um comentário em nosso blog. 

Guia comportamental para uma apresentação de sucesso

Complemente sua leitura com o nosso ebook exclusivo e gratuito!